Assinatura RSS

Publicado em

Silêncio que mata

Silêncio que agride

Silêncio que violenta

Sororidade-silêncio

Silêncio de amizade

Silêncio que machuca

Silêncio que oprime

Silêncio que exclui

Sororidade-silêncio

Silêncio que cala

Silêncio que magoa

Silêncio que nos tira vontade de viver

Sororidade como silêncio e silêncio como sororidade

“Eu ia morrer, cedo ou tarde, tendo ou não falado por mim mesma. Meus silêncios não me protegeram. Seu silêncio não vai te proteger.”

Audre Lorde

Anúncios

Sobre Hailey

Tradutora residente em São Paulo; Pesquisadora das áreas de Linguística, Teoria Queer, Gênero e (Trans)feminismo. Transfeminista e ativista por Feminismo Intersecional.

»

  1. Silvana Moura Fagundes

    amei o blog.

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: